Enquete

Qual é a sua opinião, com relação ao trabalho da imprensa escrita de Leopoldina?
 

Visitantes

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje1479
mod_vvisit_counterOntem1334
mod_vvisit_counterEsta Semana4917
mod_vvisit_counterSemana Passada9061
mod_vvisit_counterEste Mês29516
mod_vvisit_counterMês Passado9571
mod_vvisit_counterTodos os Dias3066253

We have: guests online
Hoje: 22 Nov, 2017

300x250_Site_Progresso

Início Política
Política
Com 900 mil votos, Tiririca teria a maior votação do país PDF Imprimir E-mail
Postado por Administrador   
Seg, 20 de Setembro de 2010 14:25

tiririca        O palhaço Tiririca (PR), que provoca risos e polêmica desde que suas controversas propagandas foram ao ar na TV, seria, se a eleição fosse hoje, o deputado federal mais votado em todo o país. Pesquisa Datafolha mostra que ele obteria 3% dos votos em São Paulo, chegando a 900 mil, considerando-se a proporção de 30 milhões de eleitores do Estado. Tiririca venceria políticos tradicionais como o deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) que, assim como o também deputado Márcio França (PSB-SP), aparece na sequência, com 1% dos votos, chegando a uma estimativa de cerca de 300 mil cada um.

 
Plínio e Serra fazem tabelinha para criticar ausência de Dilma em debate PDF Imprimir E-mail
Postado por Administrador   
Qui, 09 de Setembro de 2010 08:49

Serra se equivoca e ocupa bancada de Dilma       O segundo bloco do debate entre os presidenciáveis foi marcado por uma tabelinha entre José Serra (PSDB) e Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) para criticar Dilma Rousseff (PT). "Ela não é do ramo, ela foi inventada", afirmou Plínio em resposta a uma pergunta de Serra. Ao mesmo tempo, ele pedia a uma das câmeras que focalizasse o lugar vazio de Dilma. A TV Gazeta e o jornal "O Estado de S. Paulo", que organizam o debate, colocaram no palco uma bancada para Dilma. Na chegada, Serra se confundiu e ficou instantes no lugar reservado para petista. Para Serra, Dilma faltou ao debate por "ter uma dificuldade de explicar o que pensa".

 
Deputados petistas são os que mais gastam para reeleição PDF Imprimir E-mail
Postado por Administrador   
Qua, 08 de Setembro de 2010 15:51

ELEIES_2010      Na disputa para compor a maior bancada da Câmara no próximo ano, os deputados federais do PT são os que mais gastam na campanha à reeleição. A arrecadação deles cresceu 84% acima da inflação na comparação com 2006, a maior taxa de aumento entre os partidos. Já os deputados do PMDB, hoje o maior partido na Casa, têm uma campanha quase 30% mais cara que a de quatro anos atrás.

 
Comissão interna irá apurar denúncia de empresário sobre provável extorsão por parte do Secretário Municipal de Obras PDF Imprimir E-mail
Postado por Marcos Marinato   
Seg, 30 de Agosto de 2010 14:50

argaiv1432

Ministério Público também investigará o caso e há expectativa de que a Câmara Municipal abra uma CPI

 

Uma comissão disciplinar instaurada na Prefeitura Municipal de Leopoldina, vai apurar internamente a denúncia feita pelo proprietário da empresa Cobrelaje Indústria e Construções Ltda, José Virque Cunha Gomes, que acusou o Secretário de Obras, Haroldo Maranha Júnior, de extorsão. O Processo Administrativo Disciplinar é o instrumento destinado a apurar a responsabilidade do servidor por infração praticada no exercício de suas atribuições ou que tenha relação com as atividades do cargo em que se encontre investido, havendo indícios de autoria e materialidade, conforme prevê o Estatuto dos Funcionários Públicos Municipais de Leopoldina, que entrou em vigor no dia 02 de Julho passado. O processo passa por três fases: a instauração, com a publicação do ato que constituir a comissão, a defesa prévia, instrução probatória, defesa final e relatório final e consequentemente o julgamento. O prazo para a conclusão não poderá exceder 90 dias, contados da data da publicação do ato que constituiu a comissão, podendo ser prorrogado por mais 90 dias, quando as circunstâncias exigirem. Ainda segundo o Estatuto dos Servidores, a responsabilidade pela instauração do Processo Administrativo Disciplinar, é do Secretário de Administração Ricardo Ávila de Almeida, a quem está subordinada a gestão de recursos humanos da Prefeitura. A Comissão Disciplinar será orientada pelo Procurador Jurídico, Emanuel Azevedo e será formada por três membros.  As reuniões e audiências da Comissão terão caráter reservado e serão registradas em ata que deverão detalhar as deliberações adotadas. O Processo Administrativo assegurará o exercício do contraditório e ampla defesa do acusado, o Secretário de Obras, Haroldo Maranha Júnior . O relatório final deverá ser conclusivo, podendo condenar ou absolver o acusado, sendo que Haroldo Maranha não é servidor de carreira, portanto o Processo deverá ser encaminhado ao ministério Público para a ação penal. O Ministério Público também irá apurar o caso e há uma grande expectativa de que seja criada no início de Setembro, uma CPI, na Câmara Municipal de Leopoldina, para apurar o caso. Esperava-se que o prefeito Bené Guedes afastasse temporariamente o Secretário de Obras, até as conclusões das investigações, mas ele continua no cargo.

 

Entenda a denúncia

 

No final da tarde de quarta-feira, dia 11 de Agosto, o diretor da empresa Cobrelaje Indústria e Construção Ltda, de Bom Jesus de Itabapoana, que constrói 50 casas populares no bairro Jardim Caiçaras, em Leopoldina, aos gritos e bastante transtornado, acusou o atual Secretário de Obras, Haroldo Maranha Júnior, indicado para o cargo, pelo Vice-Prefeito João Ricardo Mothé Fernandes, de estar extorquindo dinheiro da Cobrelage para a liberação de pagamentos devido á empresa. O empresário chegou a mencionar no momento, outras empresas que prestam serviços para a Prefeitura, que também estavam sendo extorquidas pelo Secretário. Em uma matéria que foi publicada, assinada por Luiz Otávio Meneghite, ele informa que recebeu a informação de que um importante Secretário Municipal, chegou a ser procurado pelo Secretário de Obras, que lhe propôs dividir uma gorda propina, algo em torno de R$ 80.000,00 (oitenta mil reais). Segundo ainda Luiz Otávio, um outro empresário, do ramo de alimentação, o procurou, denunciando que teria uma forte denúncia contra outro funcionário do primeiro escalão da atual administração, que estaria criando dificuldades na liberação de um processo de seu interesse e vendendo facilidades, ou seja, liberaria o processo mediante pagamento de propina.

 

Comentário da Notícia

 

É bastante grave as denúncias acima descritas. É preciso que haja investigação e que a verdade venha à tona, doa a quem doer. Há comentários na cidade, que uma importante figura foi citada como forte envolvido, mas O Progresso não divulga o nome do mesmo, por não ter provas e documentos em mãos. Mas esperamos de olhos abertos a investigação por parte da própria comissão da Prefeitura, do Ministério Público e provavelmente da Câmara Municipal, com a provável abertura de uma CPI. Essa história não pode terminar mal contada e nós do Jornal O Progresso não vamos admitir que fique por isso mesmo, a sociedade exige e tem todo o direito de saber da verdade e que sejam severamente punidos, se culpados, os acusados, doa a quem doer, ou inocentados. Estamos acompanhando todos os passos deste lastimável caso.

 

DEFINIDA COMISSÃO PARA APURAR DENÚNCIA NA PREFEITURA

 

Em conformidade com o Estatuto dos Servidores Públicos Municipais de Leopoldina e seguindo uma determinação do Prefeito Bené Guedes, o Secretário Municipal de Administração, Ricardo Ávila de Almeida designou através de portaria a Comissão de Sindicância para apuração de denúncias publicadas no Jornal Leopoldinense, as quais imputaram ao Secretário Municipal de Obras, Haroldo Maranha Junior, a prática de eventual conduta ilícita. Cumprindo o que havia afirmado em entrevista à imprensa local, de que a prefeitura iria apurar internamente as denúncias, Bené Guedes determinou ao Secretário de Administração a designação da comissão para iniciar imediatamente os trabalhos de apuração. Além dessa manifestação do Sr. Prefeito, a Portaria n° 1773, de 20 de agosto de 2010, foi motivada pelas matérias jornalísticas publicadas pelo Jornal Leopoldinense e também pela manifestação formal da Procuradoria Geral do Município no sentido de instauração imediata de Sindicância para apuração das denúncias. Consciente de que é poder e dever do administrador público adotar medidas no sentido de apurar as condutas eventualmente ilícitas cometidas por agentes políticos e/ou servidores no exercício de suas funções, Ricardo Ávila de Almeida designou as seguintes servidoras municipais do quadro permanente da administração: Renata Carvalho Mendonça (servidora da Procuradoria Geral), Sandra Moraes Tavares (servidora da Secretaria Municipal de Obras) e Maria Cristina Lucas da Silva Campos (servidora da Secretaria Municipal de Administração), tendo como presidente da comissão, Renata Carvalho Mendonça. Em conformidade com o art. 241 da Lei Complementar n° 15, de 2 de julho de 2010 – Estatuto do Servidor Municipal -, a comissão terá o prazo de 30 dias úteis para apresentar relatório a respeito dos fatos denunciados no Jornal Leopoldinense. (Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Leopoldina).

 

 

 
Maluf trabalha pela adesão do PP à candidatura de Serra PDF Imprimir E-mail
Postado por Administrador   
Seg, 10 de Maio de 2010 00:00

Amargando índices de rejeição que beiraram 60% nas eleições municipais de 2008, o ex-governador e deputado federal Paulo Maluf é um entusiasta do apoio do PP à candidatura de José Serra (PSDB).

     Amigo do senador Francisco Dornelles (RJ), Maluf é um dos principais articuladores do acordo dentro da bancada do PP na Câmara. Foi Maluf quem intermediou uma reunião entre a deputada Angela Amin (PP-SC) e o presidente do PSDB, Sérgio Guerra (PE), na quarta-feira.

 
« InícioAnterior123456PróximoFim »

Página 6 de 6
Boa Noite,

Leia o Jornal Online

edicao-070

Edições Anteriores

Publicidade

 tec-enf

finance

blogmarinato

bar-puca

Previsão do Tempo

Todos os Direiros reservados
Desenvolvido por