Enquete

Qual é a sua opinião, com relação ao trabalho da imprensa escrita de Leopoldina?
 

Visitantes

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje493
mod_vvisit_counterOntem1911
mod_vvisit_counterEsta Semana7647
mod_vvisit_counterSemana Passada9061
mod_vvisit_counterEste Mês32246
mod_vvisit_counterMês Passado9571
mod_vvisit_counterTodos os Dias3068983

We have: guests online
Hoje: 24 Nov, 2017

300x250_Site_Progresso

Início Noticias do Mundo
Notícias do Mundo
Morre no Japão o cachorro mais velho do mundo, com 26 anos e 9 meses
Ter, 06 de Dezembro de 2011 07:31
Pusuke, o cachorro mais velho do mundo segundo o "Guiness World Records", morreu nesta segunda-feira em Sakura, na província japonesa de Tochigi, aos 26 anos e 9 meses de idade, informou a agência local Kyodo.

Nascido em 1º de abril de 1985, Pusuke, um cachorro macho da raça shiba inu, tinha o equivalente a 125 anos de um ser humano.

argaiv1432

"Acho que esperou até eu chegar", disse Yumiko Shinohara, sua dona.

Segundo a mulher, o cachorro mostrava seu habitual bom apetite e realizou seu passeio diário no dia anterior, embora na manhã de segunda-feira tenha se negado a comer de maneira repentina e apresentado dificuldade para respirar, acrescentou a Kyodo.

Em 2008, Pusuke ficou à beira da morte após ser atropelado, mas conseguiu se recuperar depois de passar por uma cirurgia.

A organização do "Livro dos Recordes" registrou o cachorro japonês como o mais velho do mundo em dezembro de 2010, após verificar tanto seus documentos de vacinação como o registro municipal de animais.

Pusuke, no entanto, não conseguiu superar o recorde de cachorro mais velho de que se tem notícia. Essa honraria cabe a Bluey, um pastor australiano que viveu 29 anos entre 1910 e 1939. (www.folha.com.br)

 
Explosão em santuário xiita deixa ao menos 30 mortos no Afeganistão
Ter, 06 de Dezembro de 2011 07:27

Ao menos 30 pessoas morreram, incluindo crianças, após uma explosão na entrada de um santuário xiita em Cabul, no Afeganistão.

O ataque aconteceu na entrada de um dos santuários xiitas da capital afegã, onde os fiéis estavam reunidos por ocasião da festa da Ashura, uma das mais importantes do islamismo xiita.

De acordo com fontes dos serviços de segurança, um homem-bomba detonou explosivos na entrada do santuário.

No Afeganistão, os xiitas representam 20% da população.

Também nesta terça-feira, outra explosão deixou quatro mortos e quatro feridos no centro de Mazar i Sharif, a principal cidade da região norte do Afeganistão, perto do principal santuário da cidade, respeitado por sunitas e xiitas. (www.folha.com.br)


Massoud Hossaini/France Presse
Pessoas observam corpos de vítimas de explosão em entrada de santuário xiita em Cabul
Pessoas observam corpos de vítimas de explosão em entrada de santuário xiita em Cabul
 
Falso cirurgião plástico injetava cimento em pacientes nos EUA
Qua, 30 de Novembro de 2011 07:21

Várias pessoas, entre elas transexuais, denunciaram um falso médico de Miami que fazia cirurgias estéticas, aplicando cimento e cola em glúteos, lábios e bochechas, informou nesta terça-feira a polícia do condado de Miami Gardens, na Flórida, sudeste dos Estados Unidos.

"Várias vítimas (do autodenominado médico) Oneal Ron Morris, muitas delas transexuais, continuam telefonando, embora por enquanto sejam dois os casos confirmados", disse William Bamford, portavoz do Departamento de Polícia de Miami Gardens.


Efe
Imagem mostra o falso cirurgião plástico transexual após ser preso pela polícia de Miami
Imagem mostra o falso cirurgião plástico transexual após ser preso pela polícia de Miami

Bamford informou que o suposto médico --um transexual-- e seu ajudante, Corey Alexander Eubank, estão em liberdade após pagar fiança de mais de US$ 5.000 após terem sido detidos na semana passada.

CIMENTO

Oneal Ron Morris praticava cirurgias clandestinas em quartos de hotel e casas no sul da Flórida em pacientes que queriam aumentar os glúteos, as bochechas e os lábios. Para isso, injetava materiais industriais, como cimento, cola e coquetéis de substâncias tóxicas, que puseram em risco a vida de várias das vítimas.

O próprio Morris, que segundo a imprensa local estava em processo de mudança de sexo, tentou melhorar a aparência com estes produtos que deformaram seus quadris e glúteos, tal como mostrou foto divulgada pela polícia após sua detenção.

A polícia de Miami Gardens deteve Morris e continua investigando este caso a partir da denúncia de uma mulher que foi hospitalizada no ano passado com pneumonia e uma infecção bacteriana depois que o falso cirurgião plástico injetou um selador de pneus de carro nas nádegas.

Por enquanto Oneal Ron Morris, de 30 anos, é acusado de exercício ilegal da medicina e lesão corporal grave.

RECONSTRUÇÃO

Rajee Narinesingh foi um dos transexuais vítimas de Morris: o procedimento cosmético com o qual quis aumentar os lábios, levantar as bochechas e preencher o queixo está custando agora um trabalho de reconstrução com outro cirurgião plástico.

"Tive que acabar fazendo uma cirurgia", disse Narinesingh ao canal local CBS4 na noite de segunda-feira, quando informou que ainda não apresentou denúncia à polícia, mas anunciou que o fará em breve.

"Nós continuamos investigando, tentando confirmar que os casos que estão chegando até nós estão relacionados com este suposto doutor", disse o porta-voz da polícia. (www.folha.com.br)

 
Francês condenado por ausência de relações sexuais no casamento
Qua, 30 de Novembro de 2011 07:16
Homem teve que pagar 10 mil euros a sua ex-esposa por danos


Todos os Direiros reservados
Desenvolvido por