Enquete

Qual é a sua opinião, com relação ao trabalho da imprensa escrita de Leopoldina?
 

Visitantes

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje1484
mod_vvisit_counterOntem1334
mod_vvisit_counterEsta Semana4922
mod_vvisit_counterSemana Passada9061
mod_vvisit_counterEste Mês29521
mod_vvisit_counterMês Passado9571
mod_vvisit_counterTodos os Dias3066258

We have: guests online
Hoje: 22 Nov, 2017

300x250_Site_Progresso

Início Noticias do Estado Ladrão promete entregar celular furtado e assassina lutador de MMA.
Ladrão promete entregar celular furtado e assassina lutador de MMA. PDF Imprimir E-mail
Postado por Marcos Marinato   
Sex, 28 de Abril de 2017 21:16

Vítima de 22 anos tinha uma loja de manutenção de aparelhos, que foi arrombada por atirador; jovem aceitou pagar R$ 150 para reaver o equipamento de um dos clientes.

LUTADOR
Corpo de jovem foi sepultado na manhã desta sexta
PUBLICADO EM 28/04/17 - 13h24
Um comerciante de 22 anos foi covardemente assassinado, nessa quinta-feira (27), após  ter sua loja de manutenção de celulares arrombada e furtada em Buritizeiro, no Norte de Minas. Ao descobrir a identidade do bandido, o jovem tentou negociar a devolução de um dos aparelhos telefônicos.

Na última segunda-feira (24), ao chegar para trabalhar, o jovem, que também era lutador de MMA, encontrou o estabelecimento, localizado no bairro São Francisco, arrombado.

argaiv1432

"Este ano, a loja já havia sido roubada. Colocaram a arma na cabeça do funcionário do meu filho. Dessa vez (no furto) levaram 12 celulares de clientes que já estavam consertados", contou a mãe da vítima, a pescadora Maria Aparecida Pereira, de 46 anos.

Após o crime, Alves chegou a registrar um boletim de ocorrência. Durante a semana, ele ficou sabendo por outras pessoas que o suspeito de 19 anos estava comercializando os equipamentos.

"Ele foi à delegacia dizer o que estava acontecendo. Os policiais afirmaram que já estavam investigando, e pediram que Bruno não fosse atrás do criminoso", lembrou a mulher.

No entanto, o comerciante não acatou as orientações. Segundo consta no boletim de ocorrência da Polícia Militar, a vítima teria prometido R$ 150 para que o ladrão devolvesse um celular. Eles marcaram um encontro, por volta de meio-dia, na avenida Patos de Minas.

Dois amigos teriam acompanhado o lutador. Ao chegar no local marcado, o comerciante e o suspeito se desentenderam depois que ele afirmou que denunciaria o ladrão. Nesse momento, o atirador sacou uma arma e efetuou dois tiros na altura do peito do homem, que chegou a ser socorrido para um hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos.

Durante rastreamento na região, a equipe policial conseguiu localizar o bandido no bairro Santo Expedito. O homem estava na casa de um amigo de 17 anos e não resistiu à prisão. Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, o homem, que confessou o crime, responderá por homicídio. (Fonte: www.otempo.com.br)

 

 

Comentar

O Jornal O Progresso não se responsabiliza pelas informações ou citações feitas nos comentários que não sejam de sua autoria.


Código de segurança
Atualizar

Boa Noite,

Leia o Jornal Online

edicao-070

Edições Anteriores

Publicidade

 tec-enf

finance

blogmarinato

bar-puca

Previsão do Tempo

Todos os Direiros reservados
Desenvolvido por