Enquete

Qual é a sua opinião, com relação ao trabalho da imprensa escrita de Leopoldina?
 

Visitantes

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje429
mod_vvisit_counterOntem1911
mod_vvisit_counterEsta Semana7583
mod_vvisit_counterSemana Passada9061
mod_vvisit_counterEste Mês32182
mod_vvisit_counterMês Passado9571
mod_vvisit_counterTodos os Dias3068919

We have: guests online
Hoje: 24 Nov, 2017

300x250_Site_Progresso

Início Noticias do Estado
Noticias do Estado
Prefeitura de Recreio está com “nome sujo na praça” por conta de R$ 8 mil. PDF Imprimir E-mail
Postado por Marcos Marinato   
Sex, 06 de Janeiro de 2017 11:31

É muito comum ouvirmos a frase intitulada as pessoas más pagadoras, “ele está com o nome sujo na praça”, mas, instituição pública com esse título não é muito comum, só que em Recreio o incomum às vezes aparece e o caso é justamente com a Prefeitura que está com o nome negativado no SPC/SERASA por causa de uma dívida de pouco mais de R$ 8 mil, contraída entre 2013 e 2015.

argaiv1432

 

prefeitura

O caso da inadimplência com credores ainda não identificados pela atual administração foi descoberto ontem (4), quando houve a necessidade de realizar reparos no automóvel do executivo, com quitação do serviço a prazo, porém, o pagamento posterior não foi aceito, pois, ao pesquisar o CNPJ da Prefeitura a empresa verificou que o Município está com o “nome sujo na praça”.

Segundo informações obtidas pelo Site Pólis, os valores que levaram a Prefeitura ao SPC/SERASA totalizam R$ 8.176,38, com ocorrência e gastos não pagos nas seguintes datas, referentes à gestão 2013/2016: 1º de março de 2013, R$ 1.594,80; 14 de janeiro de 2015, R$ 168,65; 26 de março de 2015, R$ 3.146,37; 2 de abril de 2015, R$ 3.146,37; e 21 de maio de 2015, R$ 120,19.

A equipe administrativa do prefeito Zé Maria Barros disse que já acionou o Cartório de Registros de Protestos de Leopoldina para analisar os gastos não pagos e quem a gestão anterior do Município deixou de pagar. Até na próxima semana o caso deverá estar resolvido.

Enquanto não resolve o caso da inadimplência a Prefeitura de Recreio não pode contrair nenhum serviço a prazo e atrapalha a celebração de convênios com Estado e União. Já, ao gestor que comprou e não pagou, poderá acarretar a ele um ato de improbidade administrativa. (Fonte: Site Polis Recreio).

 
Deputados de Minas, enfim, colocam o pé no freio na gastança com viagens no Estado. PDF Imprimir E-mail
Postado por Marcos Marinato   
Sex, 06 de Janeiro de 2017 11:29
Depois de a Assembleia Legislativa de Minas Gerais ter limitado o número de viagens das comissões, os deputados estaduais conseguiram, pela primeira vez nos últimos anos, frear os gastos com deslocamentos para fora da capital. Durante o ano de 2015, o Legislativo mineiro desembolsou R$ 9,3 milhões com pagamentos para a agência de viagens que atende a Casa, com o fretamento de aeronaves e com diárias de deputados e funcionários. Entre fevereiro e dezembro de 2016, de acordo com a execução orçamentária, foram gastos R$ 8,7 milhões.

Nesse mesmo período, a Assembleia pagou R$ 3,7 milhões em diárias para deputados, contra R$ 3,8 milhões no mesmo intervalo de 2015. Além disso, foram R$ 990 mil em 2016 para o mesmo tipo de despesa com funcionários. Já no ano anterior, o gasto tinha sido de R$ 1 milhão. O Portal da Transparência da Casa ainda mostra que foram usados R$ 1,3 milhão com o fretamento de aeronaves no ano passado, menos que os R$ 1,7 milhão pagos em igual período de 2015.

Por fim, foram necessários em 2016 mais R$ 2,6 milhões para arcar com as despesas de agência de turismo que atende a Assembleia. No ano anterior, o Legislativo estadual tinha gastado R$ 2,7 milhões. Para efeito de comparação, a reportagem não considerou o mês de janeiro dos dois anos, já que os atuais parlamentares só tomaram posse em fevereiro de 2015.

Diante do agravamento da crise financeira no Estado, ainda em 2015, a Mesa Diretora deliberou uma cota de oito eventos externos – audiência pública e visita – para cada uma das comissões temáticas da Casa. Outra mudança prevista na mesma deliberação foi em relação ao prazo para apresentar justificativas e pedir o benefício, que passou a ser de 90 dias. Até então, eles podiam requisitar o ressarcimento de períodos indefinidos.

A relação das viagens para fora do Brasil pagas com o dinheiro público, contudo, continua sendo um mistério. Em 2016, um pedido da reportagem para ter acesso ao relatório de viagens internacionais feitas pelos deputados estaduais mineiros completou dois anos. Não apresentando as informações solicitadas, a Casa descumpriu a Lei de Acesso à Informação, que estabelece um prazo de 20 dias, prorrogáveis por mais dez, para que o órgão público atenda o pedido. (Tâmara Teixeira) . (Fonte: Coluna Aparte, Jornal O Tempo).
 
Jovem é morto um dia antes de inaugurar barbearia em Caeté PDF Imprimir E-mail
Postado por Marcos Marinato   
Sex, 06 de Janeiro de 2017 11:28

Vítima foi atingida por quatro tiros dentro do estabelecimento; suspeito fugiu de moto e, ainda não foi localizado; polícia identificou a placa do veículo.

Um jovem de 19 anos foi assassinado a tiros um dia antes de inaugurar uma barbearia, em Caeté, na região metropolitana de Belo Horizonte, nessa quinta-feira (5).

Testemunhas contaram à Polícia Militar (PM) que um homem de moleton azul e capacete rosa foi ao comércio, na avenida Padre Vicente Cornélio Borges, no bairro José Brandão, e atirou quatro vezes contra Ygor Rafael da Silva, 19. A vítima morreu no local.

O suspeito subiu na garupa de uma moto e fugiu, não sendo encontrado até o momento. A polícia, contudo, já identificou a placa do veículo.

Silva e um amigo inaugurariam a barbearia nesta sexta-feira (6). Ainda não se sabe o que teria motivado o crime. (Fonte: www.otempo.com.br)

 

 

 

 

 
PRAÇA DA ESTAÇÃO Bandido agride jovens 'por não gostar de gays', rouba e é morto em BH PDF Imprimir E-mail
Postado por Marcos Marinato   
Sex, 06 de Janeiro de 2017 11:26

Ladrão se incomodou ao ver adolescente e um outro homem deitados na grama; menor foi apreendido após atingir agressor com canivete.

Um caso claro de homofobia e covardia contra dois jovens terminou com um ladrão assassinado no centro de Belo Horizonte, na madrugada desta sexta-feira (6). O criminoso agrediu as vítimas, sendo uma delas um adolescente de 16 anos, por, supostamente, "não gostar de homossexuais". O bandido ainda roubou o celular do menor, que o matou com um golpe de canivete.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, uma equipe foi acionada para atender uma ocorrência de roubo. Durante deslocamento, militares do 1º Batalhão se depararam com o garoto correndo pela avenida Santos Dumont com as roupas sujas de sangue.

Ao ser abordado, o menino confessou que havia agredido um homem que roubou seu celular. Na versão apresentada à polícia, ele contou que conheceu um outro jovem de 23 anos na praça da Estação e os dois deitaram na grama.

Minutos depois, três homens chegaram irritados e começaram a agredir a dupla com socos e chutes enquanto perguntavam se eles "eram gays". Não satisfeito, após as agressões, um deles tomou o celular do menor e fugiu.

O garoto foi atrás e tentou argumentar com o ladrão para que o aparelho fosse devolvido. Uma discussão foi iniciada e, nesse momento, o jovem pegou um canivete que estava em sua jaqueta, atingiu o pulmão do bandido e pegou o celular de volta.

O criminoso, que aparentava ter 30 anos, mas não foi identificado, chegou a ser encaminhado ao Hospital de Pronto-Socorro João XIII, mas não resistiu ao ferimento. Os outros dois comparsas dele fugiram.

Ainda conforme a polícia, toda a ação foi registrada pelas câmeras do Olho Vivo. Devido às agressões, o garoto e o amigo precisaram receber atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Centro-Sul. Em seguida, o adolescente foi encaminhado à Divisão de Orientação e Proteção à Criança e ao Adolescente (Dopcad). (Fonte: www.otempo.com.br)

 

 
RIACHO DAS PEDRAS Pai vinga filha exposta em nudes e mata ex dela em Contagem. PDF Imprimir E-mail
Postado por Marcos Marinato   
Sex, 06 de Janeiro de 2017 11:24

Jovens eram primos e namoraram por cerca de cinco anos; ele não se conformava com o fim do relacionamento e espalhou fotos pelo WhatsApp; vítima levou uma facada; suspeito ainda não foi encontrado.

facada, tio, nudes, namorada
Tio matou o sobrinho (foto) com uma facada
PUBLICADO EM 06/01/17 - 08h13

Um jovem de 23 anos, suspeito de espalhar fotos da ex-namorada nua pelo WhatsApp, foi morto pelo pai dela por revide, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, na noite dessa quinta-feira (5).

Uma testemunha contou à Polícia Militar (PM) que Johnatan Cortez dos Santos tinha brigado com a sua ex-namorada e, com raiva, teria mandado nudes dela para várias pessoas pelo WhatsApp.

Para vingar a menina, o pai dela, que é tio da vítima, esfaqueou Santos na clavícula na avenida Rio Negro, no bairro Riacho das Pedras. A vítima morreu no quintal de sua casa

O suspeito fugiu em um Fiat Strada cinza e, até o momento, não foi encontrado. (Fonte: www.otempo.com.br)

 
REVIRAVOLTA Empresário é preso por assassinato de companheira em Itaúna. PDF Imprimir E-mail
Postado por Marcos Marinato   
Qui, 01 de Dezembro de 2016 19:47

Para polícia, crime foi premeditado e suspeito tentou criar vários álibis; homem teria contado com a ajuda de uma outra pessoa na ação.

itaúna
Denia foi morta por asfixia

A hipótese de latrocínio, roubo seguido de morte, contra a professora Denia Alves Rodrigues, de 48 anos, em Itaúna, na região Centro-Oeste do Estado, pode ter sido montada pelo marido da vítima, um empresário de 51 anos, que acabou preso. Em entrevista à reportagem de O TEMPO, na manhã desta quinta-feira (1º), o delegado responsável pelo caso, Diego Almeida Lopes Mendonça, afirmou que, além de mandante, o suspeito pode ter participado do homicídio.

Encaminhado à delegacia para prestar esclarecimentos, o homem, dono de um motel na cidade, entrou em contradições, não detalhadas pelo delegado, e negou o crime. "Acreditamos que a morte da Denia tenha sido premeditada, uma vez que ele fez questão de passar em vários lugares para ser visto e estava na companhia do filho mais novo, um adolescente de 17 anos.Tudo na intenção de criar álibis", contou o delegado.

Na primeira versão apresentada à Polícia Militar, o homem contou que saiu de casa, localizada no bairro Belvedere, na noite de terça-feira, para ir a um clube  e deixou a mulher se arrumando para ir à academia.

Ao passar pela porta da residência horas depois, ele percebeu que o veículo da família não estava na garagem. Porém, foi para o motel com o filho e, ao retornar ao imóvel, uma hora depois, já encontrou a porta da sala aberta, algumas gavetas reviradas e sentiu falta do cofre, que continha o valor de R$ 20 mil.

"Ele realmente foi ao clube com o filho, mas ao chegar lá disse ao garoto que tinha esquecido o celular em casa e voltou para pegá-lo. No entanto, o suspeito ficou quase duas horas ausente do espaço de lazer. Na delegacia, ele afirmou que, ao chegar no imóvel, a companheira pediu que ele fosse à padaria comprar pães", contou Mendonça.

Ainda na versão do empresário, ele voltou com o alimento, entregou à mulher e retornou para o clube. Imagens das câmeras de segurança da casa mostram que o homem ficou 19 minutos dentro da residência. Em seguida, saiu de carro. Cerca de 30 minutos depois, os equipamentos registraram a saída da Saveiro, onde Denia estava. "Nesse meio tempo ninguém chega ou sai da residência. Acreditamos que a pessoa tenha chegado com o marido da vítima e depois saiu dirigindo o veículo, encontrado no dia seguinte já com o corpo da professora", contou.

Brigas constantes

Desde o encontro do corpo da professora nessa quarta-feira (30), dez pessoas, entre elas os dois filhos do casal, outros familiares e amigos foram ouvidos. Alguns disseram que o relacionamento era marcado por traições por parte do suspeito, o que gerou várias brigas entre ele e Denia.

"O que podemos adiantar é que, pelo que as testemunhas contaram, o suspeito tinha uma amante, queria ir morar com ela, mas não estaria concordando com a divisão de bens. Investigamos se a motivação do crime foi financeira, mas ainda estamos no começo da apuração", se limitou a dizer.

Diretora foi baleada após ser morta por asfixia

Exames preliminares da perícia apontaram que Denia, diretora de uma escola no município, foi morta por asfixia dentro de casa. Ainda conforme o delegado, no espaço não haviam manchas de sangue, mas a mulher também apresentava uma perfuração na cabeça, que pode ter sido causada no local em que ela foi abandonada com o carro, próximo à fazenda Serra Verde.

Após prestar depoimento, o suspeito foi encaminhado ao presídio da cidade. A princípio, ele responderá por homicídio qualificado, devido à asfixia, e por feminicídio. O comparsa de Rodrigues ainda não foi identificado pela polícia.

A reportagem de O TEMPO procurou novamente a filha do casal, mas o celular estava desligado. (Fonte: www.otempo.com.br)

 
« InícioAnterior12345678910PróximoFim »

Página 4 de 95
Bom Dia,

Leia o Jornal Online

edicao-070

Edições Anteriores

Publicidade

 tec-enf

finance

blogmarinato

bar-puca

Previsão do Tempo

Todos os Direiros reservados
Desenvolvido por