Enquete

Qual é a sua opinião, com relação ao trabalho da imprensa escrita de Leopoldina?
 

Visitantes

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje1455
mod_vvisit_counterOntem1334
mod_vvisit_counterEsta Semana4893
mod_vvisit_counterSemana Passada9061
mod_vvisit_counterEste Mês29492
mod_vvisit_counterMês Passado9571
mod_vvisit_counterTodos os Dias3066229

We have: guests online
Hoje: 22 Nov, 2017

300x250_Site_Progresso

Início Esportes Esporte Brasil Ministro ameaça fechar hotéis que praticarem preços abusivos durante a Copa
Ministro ameaça fechar hotéis que praticarem preços abusivos durante a Copa PDF Imprimir E-mail
Qui, 13 de Junho de 2013 13:50
Elza Fiúza/ABr
Ministro ameça fechar hotéis que praticarem preços abusivos durante a Copa
O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, disse que o governo poderá até acionar a Polícia Federal

 

argaiv1432

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, anunciou nesta quinta-feira (13) “tolerância zero” para abusos de preços nas diárias dos hotéis, conforme denúncias divulgadas pela imprensa, por causa da Copa das Confederações, que começa neste sábado (15), em Brasília, com o jogo Brasil x Japão, e da Copa do Mundo de 2014, programada para acontecer em 12 capitais brasileiras.

Em entrevista ao programa Bom dia, Ministro, produzido pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República em parceria com a EBC Serviços, o ministro disse que o governo poderá acionar a Polícia Federal, além dos órgãos de fiscalização dos estados e municípios, pois “aqueles que pensam que podem abusar dos consumidores precisam saber que a mão pesada do poder público vai agir e pode até ter hotel fechado por causa disso”.

Rebelo alertou ainda que “na última vez em que [os hotéis] tentaram fazer isso, tiveram que devolver dinheiro às pessoas que pagaram preços abusivos na Rio+20, no Rio de Janeiro”. Ele acrescentou que o governo não vai aceitar que a rede hoteleira aproveite os eventos esportivos para superfaturar os preços, pois “isso vai prejudicar o país e a cidade onde for praticado esse abuso, que perderá eventos e destinos turísticos”. (www.hojeemdia.com.br)

 

 

Comentar

O Jornal O Progresso não se responsabiliza pelas informações ou citações feitas nos comentários que não sejam de sua autoria.


Código de segurança
Atualizar

Boa Noite,

Leia o Jornal Online

edicao-070

Edições Anteriores

Publicidade

 tec-enf

finance

blogmarinato

bar-puca

Previsão do Tempo

Todos os Direiros reservados
Desenvolvido por